Moda e Diversidade: Roupas para todas as medidas

by - setembro 27, 2019



Grife aposta na pluralidade do corpo da mulher brasileira com modelos que vão do 34 ao 52. Jeans, animal prints e combinações de cores suaves são tendência da mais recente coleção da Jean Darrot, Diversidade
Jean Darrot - Coleção Diversidade
Divulgação
A moda está deixando de impor um padrão unilateral que evidenciam o estereótipo da mulher jovem, magra e branca. Estilistas, confeccionistas e fabricantes perceberam atender a diversidade é uma tendência nas coleções, uma vez que os consumidores, seja de qual raça, peso ou idade, querem se sentir respeitados e incluídos. 
Prova de que que a moda democrática é um caminho sem volta é  o crescimento do mercado plus size no Brasil. Segundo dados da Associação Brasileira do Vestuário (Abravest), o segmento cresce 6% anualmente e movimenta aproximadamente R$ 5 bilhões. De acordo com o IEMI - Inteligência de Mercado, a produção de plus size para adultos em 2017 atingiu 208 milhões de peças, o que corresponde a 3,5% do mercado total de vestuários no país. 

A manequim Josy Dias, de 28 anos, comemora essa mudança. Há 10 anos, depois que teve sua filha, conseguiu não se recuperar dos 30 quilos que ganhou durante a gestação, quando precisou tomar muitos suplemento de vitaminas para tratar uma doença. “Só conseguia encontrar jeans e camiseta. Inclusive, muitas vezes, precisava adquirir peças masculinas porque faltavam opções na seção feminina”, conta. 
Vaidosa e mesmo vestindo manequim 46, ela acabou encontrando nessa etapa desafiadora uma oportunidade. Foi convidada para fazer fotos para uma marca plus size há três anos. Como tinha vários cursos de modelo, que era um sonho da adolescência,  acabou sendo convidada para fazer fotos para uma marca plus size, há três anos. “Eu comecei a postar as fotos na minha rede social e a mulherada ficou enlouquecida”, relembra.

De lá para cá, nunca mais parou. Em seu Instagram, passou de 500 para mais de 60 mil seguidoras. Os trabalhos, que bem esporádicos no começo, agora são intensos.  “As marcas passaram a dar mais atenção a quem está fora do peso. Tanto que, no começo, quase não tinha trabalho, hoje ela só folgo no domingo”, conta. 

Uma das campanhas para a qual ela fotografou é a da grife goiana Jean Darrot, que lançou a Coleção Diversidade, na qual escolheu valorizar diferentes perfis de mulheres na campanha, entre elas, quem tem medidas acima do convencional. 
A diretora de estilo Lorena Darrot explica que, no Núcleo de Criação da marca goiana Jean Darrot, vestidos, blusas, camisetas e o jeans, são produzidos em uma escala de 10 tamanhos distintos, variando do 34 até o 52, há seis meses.  “Entendemos que aumentar o número da grade seria importante para alinhar a nossa ideia de diversidade e de moda democrática”, afirma a empresária. 
De acordo com Darrot, cerca de 9 mil peças jeans (nos tamanhos 50 e 52) foram produzidas nesse período e a ideia é alcançar mais pessoas. “Independente do peso, as pessoas querem se sentir bem, usar roupas que valorizem seu porte físico.  Passamos a ter atenção redobrada para valorizar o corpo da mulher brasileira. Muitas cores, tecidos leves e um pouco de animal print já podem ser vistos nas vitrines da marca”, conta. 
Na grade de opções, shorts e bermudas jeans, vestidos em lurex, estampas que mesclam flores e animal prints e claro, a clássica calça jeans, desde a mais trabalhada e com aplicações. Para a diretora de criação, a experiência tem feito cair muitos paradigmas por terra. “Falava-se, por exemplo, que mulheres plus size não poderiam usar estampas, listras ou cores fortes. Isso é um equívoco, você pode usar o que você quiser e estiver com vontade e é esse o nosso foco”, enfatiza. 

Dados
R$ 7,2 bilhões foram as cifras movimentadas no ano passado no mercado  de vestuário para tamanhos acima do 46, segundo dados da Associação Brasileira de Plus Size (ABPS). O crescimento em relação a 2017 foi de 8%. Segundo um estudo feito em 2017 pelo IEMI – Inteligência de Mercado - instituto especializado em pesquisas de mercado, 30,4% dos fabricantes de moda feminina no Brasil e 19,8% da moda masculina, já incluem em sua linha de produção o Plus Size.

Sobre a Jean Darrot
Com 35 anos de história, a Jean Darrot tornou-se referência de moda em Goiás. A marca é líder na produção de jeans no Estado de Goiás, sendo também destaque em alfaiataria, desenhada a partir das tendências internacionais de estilo. A empresa fabrica cerca de 40 mil peças por mês, que são distribuídas em suas 22 lojas próprias em Goiás e Tocantins, além de serem revendidas em outros estabelecimentos multimarcas em todo Brasil. No total, são quase 1.000 colaboradores diretos e indiretos, envolvidos com os processos de produção.

You May Also Like

0 comentários