Atypical - A série Netflix

by - outubro 09, 2017


Atypical é uma série de comédia dramática, lançada em 11 de Agosto de 2017, criada e escrita por Robia Rashid. Conta a história do jovem Sam, que sofre de Síndrome de Asperger, dentro do espectro autista. Conforme seu desenvolvimento positivo na terapia decide por encontrar uma namorada.
      A série gira em torno do d
ia-a-dia da família Gardner, mais precisamente sobre as dificuldades da vida de Sam, que vive com seus pais Elsa e Doug e sua irmã mais nova Casey.
      Sam tem uma vida normal dentro do possível, vai à escola e trabalha em uma loja de eletrônicos. Devido a sua doença, que faz com que indivíduos que a possuam tenham interesses muito restritos, é obcecado pela Antártida e pinguins, sempre cuspindo conhecimento sobre o assunto em toda oportunidade que tem e claro, tem um “sorriso” encantador (rs). Sam, também frequenta uma Terapeuta, Julia, que o motiva a arrumar uma namorada como as outras pessoas e acaba por se tornar o interesse amoroso do jovem rapaz, causando-a algumas dores de cabeça.

      Na loja onde trabalha é amigo de Zahid, um indiano esquisitão metido a pegador, que vive contando vantagem de seus encontros, tornando-se assim uma das principais influências na decisão de Sam. É com certeza um dos personagens mais engraçados da série.


Sua Irmã Casey apesar de mais nova é quem toma conta dele fora de casa, certificando-se de seu bem-estar o tempo todo. Ela faz parte da equipe de atletismo da escola e é a melhor, é meio durona, chegando até a agredir uma menina popular pra defender outra de bulliyng, assim fazendo com que Evan, o irmão da menina, fique bastante agradecido e se apaixone por ela.
      Do mesmo modo descreveríamos Elsa, sua mãe, que se preocupa com as condições de Sam 24 horas por dia e frequenta grupos de apoio à familiares de autistas, mas à incentivo de seu marido começa a pisar no freio aos poucos e passar a se distrair, culminando em resultados desastrosos para a relação do casal.
      Doug, seu pai, é um homem bondoso e dedicado à família, mas que esconde um erro do passado. Orgulha-se muito das conquistas de Casey e tenta ter uma relação de maior proximidade com Sam, pois ele aparenta ter dificuldades de aceitar a doença do filho.
      Já que tudo gira em torno de Sam conseguir uma namorada, eis que aparece Paige, a “namorada de treino” de Sam. Uma menina meio maluquinha e neurótica, mas de um coração enorme, que não mede esforços para ficar ao lado de Sam. Em termos de graça, assim como Zahid ela também se destaca.
      A série realmente te pega do primeiro ao ultimo episódio, pena que são apenas 8 nesta primeira temporada, mas pra nossa alegria, já foi anunciada a renovação para uma segunda, pois o final da temporada te deixa grudado na cadeira mega curioso para a próxima, então vamos torcer pra chegar logo às nossas telinhas(rs). Se não viu ainda, está esperando o quê? Atypical é uma ótima série, vale cada segundo e sua primeira temporada está disponível na Netflix, corre lá e confira.

      

You May Also Like

0 comentários