English German Spain Italian Portuguese Japanese
Mostrando postagens com marcador Netflix. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Netflix. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

The End of the F***ing World

| |

No último dia 05 de Janeiro estreou mundialmente na Netflix esta série Britânica de Drama/Comédia, baseada nos quadrinhos homônimo de Charles Forsman. A adaptação foi criada e produzida por Jonathan Entwistle e Lucy Tcherniak, para o Channel 4 no Reino Unido em Outubro de 2017, e é estrelada por Alex Lawther (Black Mirror) e Jessica Barden (Penny Dreadful).


James (Alex Lawther) é um estudante de 17 anos que acredita ser um psicopata, por sua falta de empatia e ter como hobby matar animais, mas o garoto fica entediado e decide que quer matar uma pessoa e começa sua busca por uma possível vítima. E é onde conhecemos Alyssa (Jessica Barden), uma novata rebelde do colégio, de vida complicada, que decide aleatoriamente ter um interesse amoroso, que por acaso é nada mais nada menos que o estranho James. Os dois se aproximam e enquanto ela quer descobrir os prazeres da vida, ele a acompanha sempre planejando a melhor ocasião e jeito de assassiná-la. Cansados de suas vidas, decidem roubar o carro do pai de James e fugirem para viver uma vida de diferente. Até que um assassinato começa a complicar a vida do jovem casal.


É uma pena a série ter apenas 8 episódios por enquanto, pois são de cerca de 22 minutos cada e passam voando e no oitavo quando você espera para ver o desfecho, a série acaba e fica a curiosidade. Não que isso seja ruim, apenas dá vontade atirar algo na televisão quando você percebe que acabou, por que cada episódio te prende tanto que é uma agonia ter que esperar uma vida pra ver a próxima temporada.

Além dos protagonistas a série é cheia de outros personagens tão bons quanto, como as detetives Eunice e Teri que investigam o assassinato, Leslie, o pai traficante de Alyssa e até mesmo os que fazem pequenas participações como Topher, Frodo e Emil, pequenas, porém memoráveis.

É uma série de cativar corações, com muito humor e estranhos momentos românticos, uma história de amor às avessas totalmente não convencional. A primeira temporada completa está disponível na Netflix, então apertem os cintos e caiam na estrada com esses dois jovens problemáticos.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Resenha - The Sinner by Netflix

| |


The Sinner é uma minissérie americana baseada no romance de mesmo nome de Petra Hammesfahr.

Conta a história de Cora (Jessica Biel),uma mãe e esposa exemplar que esfaqueia um homem até a morte, em um dia de praia ao lado da família e de amigos.

O detetive Ambrose (Bill Pullman) pressiona Cora em busca de uma explicação,mas nem ela sabe explicar o motivo de tal atitude.E todos querem saber o que leva uma pessoa a cometer um crime desses,sem um motivo aparente.Então Ambrose,emprenha-se no caso para descobrir quais motivos influenciaram a atitude da acusada.

Este drama policial contem apenas oito episódios repletos de muito suspense e aflição.Muito bem elaborada e nos surpreende a cada descoberta.

Cora surpreende a todos com as lembranças que retornam após algumas sessões de hipnose,para ajudar a desvendar o crime.E isso nos surpreendeu e muito.

No final da temporada respiramos com ar de alivio junto com a personagem principal,que consegue entender o porque de tudo isso.

E esperamos por uma segunda temporada mais aprofundada nos motivos e um final digno á essa história que está só começando.


Não assistiu?Então saboreie o trailer e mate logo esta curiosidade:



segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Resenha: La Casa de Papel

| |

La Casa de Papel é uma série de TV espanhola lançada em 2 de maio de 2017 no canal Antena 3, criada por Álex Pina, produzida pela Atresmedia e Vancouver Producciones e é protagonizado por Úrsula Corberó, Itziar Ituño, Alba Flores, Miguel Herrán e Paco Tous. Teve sua estreia no fim do ano passado pela Netflix e obteve um enorme sucesso aqui no Brasil, embora não tenha sido muito divulgada.


A trama conta a história de 8 criminosos que por diferentes motivações fazem uma grande invasão à casa da moeda da Espanha, com o objetivo de imprimir mais de 2 milhões de Euros em um período de 11 dias, fazendo os funcionários do local e estudantes em excursão de reféns. Todos foram recrutados por um homem denominado “Professor”, o gênio por trás do plano, que possui uma grande motivação para pôr o mesmo em prática. 

Com certeza uma ótima série, que surpreendeu à todos por seu enredo, personagens e atuações. Impossível destacar apenas um em meio tantos personagens, todos são igualmente importantes e possuem uma química que faz a história fluir de maneira que te faz querer devorar a série em um dia, pois cada fim de episódio te deixa com aquela sensação de querer ver “só mais um” pra saber qual vai ser o desfecho daquela determinada situação, mas é aí que o caminho não tem mais volta (rs).


Ao todo a série possui originalmente 15 episódios com cerca de 70 minutos cada, onde 9 foram exibidos e após 6 meses os 6 últimos episódios. Já aqui no Brasil, o tempo foi diminuído e a primeira temporada de 9 foi convertido para 13 episódios, de muita ação, drama e uma leve pitada de humor negro. A previsão para a segunda temporada é o mesmo tempo que levou lá na Espanha, então por volta do mês de Abril ou Maio podemos esperar por mais dos assaltantes mais carismáticos da TV espanhola.

Agora só nos resta aguardar ansiosamente, então, por enquanto guarde sua mascara e macacão vermelho, mas escolha seu nome de cidade favorito, por que logo logo teremos mais ação.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Desventuras em série

| |

Desventuras em Série é uma série de Aventura e Humor Negro exibida pela Netflix, lançada em 13 de Janeiro de 2017, desenvolvida por Mark Hudis e baseada na série homônima de livros. É estrelada por Neil Patrick Harris, Patrick Warburton, Malina Weissman, Louis Hynes, K. Todd Freeman e Presley Smith.


A série narra as desventuras dos irmãos Baudelaire, Violet, Klaus e a bebê Sunny, que após um misterioso incêndio em sua residência, que causou a morte de seus pais, ficam sob a tutela do maquiavélico ator Conde Olaf (Neil Patrick Harris), que tenta a todo custo pôr as mãos na herança das crianças. Mas ele e seus capangas não conseguirão alcançar o objetivo facilmente, pois as crianças além de muito inteligentes, contam com a ajuda do Sr. Arthur Poe, o banqueiro (K. Todd Freeman), que... ok, ele não ajuda tanto assim, pois não é o homem mais esperto do mundo, mas é o responsável por encaminhar as crianças ao parente mais próximo.


Não há muito a dizer sobre a série, além de muitos elogios ao elenco, roteiro e direção. Todos desempenham muito bem seus papéis, inclusive o narrador Lemony Snicket, interpretado por Patrick Warburton, o empregado da família Boudelaire, que está sempre muito bem colocado em cada aparição com suas observações pertinentes, é ótimo. E claro, além das crianças, o Conde Olaf, que usa de sua habilidade cênica e disfarces a lá Doutor Abobrinha pra abrilhantar ainda mais esse grande enredo.
A primeira temporada contendo 8 episódios está disponível na Netflix, acompanhe de perto estas desventuras e curta cada momento, pois é sem duvida uma série para toda a família.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Oasis: Supersonic

| |


É um documentário lançado em Outubro de 2016, dirigido por Mat Whitecross, que conta a tragetória da banda britânica Oasis, desde sua formação até seu auge em 1996.



O filme é narrado por 3 dos membros originais da banda, Liam e Noel Gallagher, vocalista e guitarrista principal respectivamente e pelo guitarrista Paul Arthurs, o Bonehead entre vários amigos, colegas de trabalho e familiares. Onde é mostrado os primeiros anos de banda e vida de garotos saídos dos suburbios de Manchester, do anônimato direto ao estrondoso sucesso com shows em grandes estádios como o de Knebworth na Inglaterra, um de seus maiores, senão o maior, durante a turnê de seu segundo e aclamado album (What's the Story?) Morning Glory.



Com um pouco mais de 2 horas de duração o longa é repleto de histórias e imagens de bastidores, brigas e polêmicas envolvendo a banda e principalmente os irmãos Gallagher, os responsáveis pelo grande sucesso do grupo, porém também pela posterior queda causada por brigas de ego entre os dois e lógico, músicas de ótima qualidade, como "Supersonic", "Wonderwall", "Champagne Supernova", "Acquiesce" entre outras.






É um ótimo documentário para conhecer a turbulenta vida da banda mais encrenqueira e falastrona do rock 'n roll dos anos 90.

E há rumores de uma sequência, segundo o diretor e os próprios Liam e Noel, que demonstraram muito interesse em dar continuidade no projeto, pois há ainda muita história pela frente a ser contada. Bom, é torcer pra que este projeto veja logo a luz do dia.


Oasis: Supersonic está disponível na Netflix, confira agora este turbilhão de emoções e sinta-se como um Rock 'N Roll Star.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Alias Grace - Resenha

| |



Alias Grace é  baseada no romance homônimo de 1996 de Margaret Atwood e adaptado por Sarah Polley.

Disponível na Netflix desde o mês de Novembro.A série conta a historia de Grace; que perdeu sua mãe e após sofrer com os maus-tratos de seu pai,é enviada para uma casa de família,para trabalhar como empregada.

Em pleno século XIX,Grace (Sarah Gadon) é acusada de cometer o assassinato de seus patrões.Sr Thomas Kinnear (Paul Gross) e Nancy Montgomery (Anna Paquin).E Simon Jordan (Edward Holcroft),um jovem psiquiatra tem a missão de decifrar a mente da Grace e decidir se a jovem deve ser perdoada mediante alegação de insanidade.

A cada episódio,Grace conta ao psiquiatra sua história até chegar ali.Tudo que sofreu desde a perda de sua mãe,a violência de seu pai,assédios de seus patrões e de toda humilhação que uma mulher sofre e tem de aturar de boca fechada.

A série é repleta de mistérios e deixa dúvidas se a personagem principal é mesmo culpada ou inocente. E com certeza sua trama vai te prender do início ao fim e te deixar querendo por uma segunda temporada o mais rápido possível.

Se você ainda não viu,confira o trailer:



terça-feira, 28 de novembro de 2017

Jim & Andy: The Great Beyond

| |

Jim & Andy é um documentario original Netflix lançado no dia 17 de Novembro, dirigido e produzido por Chris Smith e Spike Jonze. 

Estrelado por Jim Carrey, o documentário aborda os bastidores do filme biográfico "O Mundo de Andy" (Man on the Moon) de 1999, dirigido por Milos Forman, onde Carrey interpretou e, literalmente, viveu o comediante Andy Kaufman. O filme trazia em seu elenco nomes como Danny DeVito, Paul Giamatti e Courtney Love (Essa mesmo que você está pensando).



Sim, Jim Carrey decidiu encarnar Andy Kaufman, agindo como tal 24 horas por dia, dentro e fora do set de filmagem.

Amigos e familiares do verdadeiro Andy que acompanharam as filmagens ficaram completamente embasbacados com a performance de Jim, que o rendeu título de gênio para muitos, porém também o título de babaca para outros, e lhe garantiu alguns acidentes e incidentes também, como com o ex-lutador Jerry Lawler, que foi importunado pelo ator até perder a paciência com ele. E tudo isso foi documentado.



E este registro ficou guardado durante quase 20 anos, embora o diretor na época quisera utiliza-las no próprio filme, mas acabaram por decidir que não, com receio de que essas imagens manchassem o status de "cara legal" de Jim.

O documentário alterna entre imagens do atual Jim Carrey, dando seu depoimento e refletindo os significados de todo o ocorrido na época do longa e as imagens dos bastidores no fim dos anos 90.
Jim & Andy está disponível na Netflix, assista agora e claro, se não viu o filme o Mundo de Andy ainda, assista que vale muito a pena, pois o documentario vai servir como um grande complemento. 

Então prepare-se para se emocionar, surpreender e imergir no Mundo de Andy, ou será de Jim?


sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Rick e Morty - como seria De Volta para o futuro se fosse politicamente-incorreto?

| |

Essa pergunta tem uma resposta, Rick e Morty. Essa animação adulta de comédia e ficção cientifica criada por Justin Hoiland e Dan Harmon, se passa na vida e família de Rick, um cientista velho, beberrão e inconscequente que diariamente "sequestra" seu neto Morty, um garoto dotado de falta de inteligência, para as mais loucas viagens interdimensionais.

Como mencionado no titulo o desenho foi desenvolvido a partir de um curta animado de "De Volta para o Futuro", que pode ser encontrada facilmente na web (que é tosquíssimo, vale ressaltar).

A graça da animação é a total falta de noção e empatia de Rick com todos os seres vivos a sua volta. Embora obviamente ele tenha muito apreço por Morty, não pensa duas vezes em meter o garoto nas mais impensáveis situações, tudo em nome de seus objetivos. E claro, sobra também para o resto dos membros da família que tomam parte de seus experimentos, em busca de soluções fáceis para situações corriqueiras.

Sua terceira temporada estreou no Brasil dia 30 de Julho e é exibido pelos canais a cabo I-Sat, TruTv e TBS. As 2 primeiras temporadas estão disponíveis na Netflix.

terça-feira, 21 de novembro de 2017

O Justiceiro - Netflix

| |



O Justiceiro (The Punisher), série criada por Steve Lightfoot, estreou na Netflix dia 17 de Novembro, em mais uma parceria com a Marvel Studios.


A série conta a história de Frank Castle, um ex-militar que após perder mulher e filhos em um confronto entre facções criminosas decide punir os culpados por conta própria.
O personagem nos foi apresentado na segunda temporada de Demolidor, onde conhecemos sua origem e
 seus métodos nada gentis.

O enredo se passa meses após sua ultima aparicão na série, onde vemos Castle prosseguindo com sua jornada,  a concluindo e tentando viver uma vida normal sendo um operário de obras, sob o nome Pete Castiglione, porém, ainda sendo assombrado por seu passado. Até que um dia ele é encontrado pelo misterioso David Lieberman, conhecido como Micro, que precisa da ajuda de Frank para provar sua inocência e poder voltar à sua família que acredita que ele está morto e é um traidor nacional. Enquanto a Agente Dinah Madani, investiga a morte de seu parceiro pelas mãos de militares torturadores.

As atuações nos convencem do início ao fim, como a do Ator Jon Bernthal que está fantástico no papel principal, como já visto em sua primeira aparição na série do Vermelho, que sem dúvidas roubou a cena.
Deborah Ann Woll, também reprisa seu papel de Karen Page na série.

A química entre os personagens do Justiceiro e David, interpretado por Ebon Moss-Bachrach, é ótima, há tensão, cumplicidade e garantem alguns momentos hilários, fazendo-os desenvolver uma certa empatia e amizade, embora isso não seja do feitio de Castle.

Isso sem falar do cinismo e frieza de seu, que se torna ao longo da série, arqui-inimigo, que é de querer ser o próprio Justiceiro pra dar umas porradas nele. Gostaria de citar o nome do personagem e do ator, mas aí já vira Spoiler.

A série dispensa mais apresentações, prepare-se para uma história, cheia de intrigas, traições e revelações. E claro, toda vez que Frank Castle entrar em ação, pause, vá fazer pipoca, volte, sente-se e vibre a cada movimento que ele der, o show vale a pena. Uma série cheia de emoções, de se segurar no sofá e pular de adrenalina.

A primeira temporada completa com 13 episódios está disponível na Netflix. Prepare um paninho para limpar o chão da sala, pois vai escorrer sangue da tela da sua TV.

sábado, 18 de novembro de 2017

Stranger Things 2 temporada

| |


Stranger Things é uma série de suspense e ficção-cientifica, ambientada na década de 80, criada e dirigida pelos irmãos Duffer. Estreou na Netflix em 15 de Julho de 2016.
A série acompanha a história de um grupo de crianças, os amigos Mike, Dustin, Lucas e Will que se envolvem em uma trama cheia de mistérios após o repentino desaparecimento de Will, e acabam por conhecer Onze (Eleven, no original), uma garotinha com poderes telecinéticos, que foge de um laboratório de pesquisas, onde ela era uma cobaia.
A segunda temporada traz uma nova e impactante trama, se passando um ano após os eventos da primeira e mostrando as consequências após a descoberta da existência do mundo invertido e suas criaturas bizarras. Somos introduzidos a novos personagens, como Maxine uma garotinha marrenta e nova na cidade, que chama a atenção de Dustin e Lucas, fazendo-os competir pelo coração da menina.
É notavel o crescimento de alguns personagens, como Steve, o ex-namorado de Nancy, irmã de Mike e claro, o das crianças principalmente (literal e figurativamente), Dustin está mais engraçado que nunca.
Estamos acompanhando a série desde sua estréia no ano passado e simplesmente nos apaixonamos e estamos acompanhando o sucesso da série desde a estréia da segunda temporada, é a série mais comentada da atualidade e assistida em 4 de a cada 5 celulares bisbilhotados nos meios de transportes (rs).
Esteve fora do planeta no ultimo mês e não sabe do que estamos falando, está esperando o quê pra começar a acompanhar este fenômeno de audiência?
As 2 temporadas completas de Stranger Things estão disponíveis na Netflix, confira e seja abduzido pelo mundo invertido você também.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Gaga: Five foot Two

| |


É um documentário lançado em setembro de 2017 sobre a cantora e compositora Lady Gaga. Dirigido por Chris Mourkabel, tem a participação do produtor musical Mark Ronson e da cantora Florence Welch, da banda Florence and the Machine.
O filme acompanha durante um ano o processo criativo, de gravação, produção e lançamento do quinto álbum de estúdio de Lady Gaga, Joanne e eventos da vida particular da cantora, como sua luta contra as terríveis dores da Fibromialgia, encontro com fãs, a participação em American Horror Story e a sua grande apresentação no intervalo do Super Bowl.
É um filme totalmente pessoal, onde é desconstruído todo o mito criado em cima da cantora pop superstar Lady Gaga, e passamos a conhecer as alegrias e angustias que a super exposição e fama trazem e conhecemos um lado mais sensível e vulnerável de, acima de tudo, um ser humano chamado, Stefani Germanotta.
Com cerca de uma hora e meia de duração este diário filmado é um ótimo documentário para os fãs e para não-fãs também, se você tem curiosidade e gosta de conhecer um pouco mais além do artista intocável que é apresentado pela mídia, vale dar uma conferida e presenciar os altos e baixos de uma vida aparentemente fácil aos olhos de muitos.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Jogo Perigoso by Netflix

| |

Baseado num romance de Stephen King, este suspense claustrofóbico é estrelado por
Carla Gugino e Bruce Greenwood.





E mais uma vez a Netflix aposta nas obras de Stephen King.E como é de se esperar,o sucesso é certeiro!

Em Jogo Perigoso,o casal Jessie e Gerald Burlingame resolvem apimentar o casamento e se isolam em uma casa.

O que era para ser um momento quente e de muita diversão,se transforma em tragédia e uma luta pela sobrevivência.



Jess vivência um inferno algemada á cama.Sem ter a quem pedir socorro,conta com a visita indesejada de um cão,vozes em sua cabeça e personagens que nem ela mesma sabe se são reais ou não.

A personagem se vê presa ás algemas e ás suas lembranças de um passado obscuro.Feridas abertas e que ela terá de superar,para encontrar forças para sobreviver. 

A atriz Carla Gurgino fez uma ótima interpretação o que nos prende a tela do inicio ao fim.

Ficou curioso?Olha só o trailer:




terça-feira, 7 de novembro de 2017

1922 mais uma adaptação de sucesso

| |

O Filme "1922" foi eleita por 

Stephen King como a melhor adaptação de suas obras em 2017



É um filme de 2017 do gênero drama-horror. Escrito por Zak Hilditch, baseado no romance 1922 de Stephen King.
 O seu lançamento ocorreu em 20 de outubro na Netflix.




A história se passa em uma fazenda,onde vive uma família simples,mas como todos.Tem seus problemas.
Arlette James ( Molly Parker) é casada com Wilfred James (Thomas Janee decide que é hora de mudar de vida.Vender as terras que lhe pertencia e se mudar para a cidade grande,onde realizaria o sonho de abrir seu próprio negócio. Porém seu marido não concorda.
Nada contente com a decisão de sua esposa e tomado pela ambição de tomar aquelas terras para si,Wilfred James resolve matar e dar um sumiço no corpo de Arlette.
E para isso,convence seu filho Henry James (Dylan Schmid ) a participar do crime.
Além da cena do assassinato,a culpa e a mente perturbada de Wilfred James rende  muitos acontecimentos marcantes.Ele come o "pão que o diabo amassou" após o crime.O que resulta em uma carta de confissão.
Vale ressaltar que o filme é excelente e os atores foram impecáveis! Perfeito para quem ama um misto de drama e terror.

Ficou curioso?Então corre na Netflix para  assistir!
Antes veja o trailer por aqui mesmo:





quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Marvel - O Justiceiro 2017

| |

Finalmente, foi divulgada a data de estréia da série do Justiceiro, personagem que apareceu buscando vingança contra a bandidagem em Demolidor.
Dia 17 de Novembro entra na programação da Netflix esta série, que conta a história de Frank Castle, um ex-militar que após perder mulher e filhos em um confronto entre facções criminosas decide punir um à um dos envolvidos, diga-se de passagem, bem violentamente.
O personagem nos foi apresentado na segunda temporada de Demolidor, onde conhecemos sua historia, nos compadecemos de seus demônios internos, vimos o como ele é implacável com criminosos e por fim tornar-se o anti-herói O Justiceiro, que apareceu nos quadrinhos pela primeira vez em 1974 na revista do Homem-Aranha, tentando acabar com o amigão da vizinhança.
Vale lembrar que o personagem já possui três adaptações para o cinema, que pecaram em algumas coisas e não agradaram tanto aos fãs, Já em termos de série, que será a primeira adaptação, esperamos todos que permaneçam com a qualidade que já nos foi apresentada.

Confira abaixo o trailer da série:




terça-feira, 24 de outubro de 2017

Mind Hunter by Netflix

| |
“Como nos antecipamos aos loucos, se não sabemos o que eles pensam?”


Assim começamos a abordar sobre esta série norte-americana de drama policial. Um questionamento feito pelo agente Bill Tench.
A série foi Criada por Joe Penhall, e baseada no livro Mind Hunter: Inside the FBI’s Elite Serial Crime Unit escrito por John E. Douglas e Mark Olshaker.A série é produzida por David Fincher e Charlize Theron entre outros, e estreou na Netflix em 13 de outubro de 2017.Série de peso,com fatos reais ocorridos com os psicopatas.

A história se passa em 1977 e gira em torno de dois agentes do FBI, interpretados por Jonathan Groff e Holt McCallany, que entrevistam assassinos em série presos para tentar resolver casos em andamento e escrever um livro futuramente.
Com o intuito de entender o que se passa na mente desses psicopatas e ajudar a policia desvendar novos casos, os agentes têm de passar por situações e diálogos nada confortáveis. E o que esperar de um assassino frio e calculista, sedento por sangue?


A psicologia pode auxiliar a policia a desvendar um crime?Um assassino poderia ajudar a solucionar um caso em aberto?Em Mind Hunter você analisa junto aos agentes responsáveis pelas entrevistas a importância de usar um criminoso como “cobaia”.Eles são jogados em uma prisão de segurança máxima,para apodrecer por seus crimes.Então ninguém os visita,ninguém se importa.Então porque não visita-los,fazê-los falar sobre sua “vocação”?Sim... Vocação. Um assassino em série, considera matar, uma vocação... E muitas coisas ditas pelos personagens mostra o quanto pode se tornar,ainda mais difícil este trabalho.Coisas muito pesadas mesmo, que mexe com o psicológico desses agentes e os deixa inquietos ao decorrer da série.Mas todo o esforço é compensado na solução de casos.


Se você gosta de psicologia e de um bom drama policial, eis uma grande obra de sucesso.
Sim, um sucesso. O desfecho do ultimo episódio nos deixa presos a trama, com um gostinho de quero mais. Muitas questões surgem e martelam em nossas cabeças.

A série foi renovada para uma segunda temporada em abril de 2017, seis meses antes da estreia da primeira. Sentiu o drama?

Se fosse você assistia já!

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Girlboss -série de uma temporada só?

| |


A série Girlboss foi lançada este ano,no mês de Abril.Pela Netflix e é Baseada na vida e  obra de Sophia Amoruso.que aos 20 anos fundou sua loja Vintage, Nasty Gal.

Interpretada por Britt Robertson,no papel de uma jovem que vive sozinha e tem dificuldades de decidir o que fazer da vida.Sem conseguir-se manter em um emprego e prestes a ser despejada de seu apê.Sofia vai á um "brecho" e encontra uma peça,á qual começa suas vendas pelo Ebay.




A série em si é divertida.Sofia tem  personalidade forte ,estilo e vive seus dramas familiares,com o seu namorado e sua amiga.

Quem está iniciando um negócio semelhante ao de Sofia,deve assistir.Desde o incio a jovem rebelde tinha de tudo para desistir de seu sonho,mas foi persistente até o fim.Entre altos e baixos;e muita gente tentando derrubar a Nasty Gal,ela sempre retoma suas forças e acredita no seu potencial.

A temporada contem 13 episódios e que nos prende do inicio ao fim.Só não entendemos porque ela foi cancelada.

A série termina com o retorno da Nasty Gal,lançando seu próprio site e vendendo todas as suas peças de uma só vez.Resumindo,ela alcançou o sucesso.Mas...achamos que isso seria um bom motivo para estender uma nova temporada,onde Sofia pisa nas inimigas,que tentaram acabar com seu negócio,com seu ex-namorado babaca e mostrar ao seu pai,que sabe ser responsável!A atriz Britt Robertson fez sim um bom papel,na internet houve muitas criticas á ela,mas nós gostamos da interpretação e de  toda a série.



A verdadeira Sophia ,nós sabemos que saiu do "lixo ao luxo", e com sua empresa, arrecada milhões e milhões.A série é uma bela aula de empreendedorismo,o que poderia ser melhor explorada em uma próxima temporada.Lamentamos o cancelamento.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Atypical - A série Netflix

| |

Atypical é uma série de comédia dramática, lançada em 11 de Agosto de 2017, criada e escrita por Robia Rashid. Conta a história do jovem Sam, que sofre de Síndrome de Asperger, dentro do espectro autista. Conforme seu desenvolvimento positivo na terapia decide por encontrar uma namorada.
      A série gira em torno do d
ia-a-dia da família Gardner, mais precisamente sobre as dificuldades da vida de Sam, que vive com seus pais Elsa e Doug e sua irmã mais nova Casey.
      Sam tem uma vida normal dentro do possível, vai à escola e trabalha em uma loja de eletrônicos. Devido a sua doença, que faz com que indivíduos que a possuam tenham interesses muito restritos, é obcecado pela Antártida e pinguins, sempre cuspindo conhecimento sobre o assunto em toda oportunidade que tem e claro, tem um “sorriso” encantador (rs). Sam, também frequenta uma Terapeuta, Julia, que o motiva a arrumar uma namorada como as outras pessoas e acaba por se tornar o interesse amoroso do jovem rapaz, causando-a algumas dores de cabeça.

      Na loja onde trabalha é amigo de Zahid, um indiano esquisitão metido a pegador, que vive contando vantagem de seus encontros, tornando-se assim uma das principais influências na decisão de Sam. É com certeza um dos personagens mais engraçados da série.


Sua Irmã Casey apesar de mais nova é quem toma conta dele fora de casa, certificando-se de seu bem-estar o tempo todo. Ela faz parte da equipe de atletismo da escola e é a melhor, é meio durona, chegando até a agredir uma menina popular pra defender outra de bulliyng, assim fazendo com que Evan, o irmão da menina, fique bastante agradecido e se apaixone por ela.
      Do mesmo modo descreveríamos Elsa, sua mãe, que se preocupa com as condições de Sam 24 horas por dia e frequenta grupos de apoio à familiares de autistas, mas à incentivo de seu marido começa a pisar no freio aos poucos e passar a se distrair, culminando em resultados desastrosos para a relação do casal.
      Doug, seu pai, é um homem bondoso e dedicado à família, mas que esconde um erro do passado. Orgulha-se muito das conquistas de Casey e tenta ter uma relação de maior proximidade com Sam, pois ele aparenta ter dificuldades de aceitar a doença do filho.
      Já que tudo gira em torno de Sam conseguir uma namorada, eis que aparece Paige, a “namorada de treino” de Sam. Uma menina meio maluquinha e neurótica, mas de um coração enorme, que não mede esforços para ficar ao lado de Sam. Em termos de graça, assim como Zahid ela também se destaca.
      A série realmente te pega do primeiro ao ultimo episódio, pena que são apenas 8 nesta primeira temporada, mas pra nossa alegria, já foi anunciada a renovação para uma segunda, pois o final da temporada te deixa grudado na cadeira mega curioso para a próxima, então vamos torcer pra chegar logo às nossas telinhas(rs). Se não viu ainda, está esperando o quê? Atypical é uma ótima série, vale cada segundo e sua primeira temporada está disponível na Netflix, corre lá e confira.

      

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Big Mouth - Impressões

| |

Big Mouth é um desenho animado de comédia adulta criado por Nick Kroll, Andrew Goldberg, Mark Levin e Jennifer Flackett. Exibido pela Netflix, estreou em Setembro de 2017.

A animação gira entorno das vidas dos personagens principais Nick, Andrew e Jenny, que estão descobrindo as alegrias, angustias, mudanças físicas e hormonais da puberdade, de forma bem-humorada e claro bem exagerada e absurda.

O desenho em si é divertido e nos remete a nossa própria puberdade, em algumas coisas. A série tem como foco principal humor ácido, situações constrangedoras e muitas "besteiras" ditas por pré-adolescentes.

Toda temática é tratada de maneira pesada e escrachada, tanto em imagens quanto em linguagem. Isso não necessariamente torna a série ruim, pelo contrario, é bem escrita, tem piadas legais.

Os primeiros episódios te prende a trama. Porém, ao longo deles você acaba pensando: "então, é só isso a série?", ficando meio cansativo em alguns episódios em meio às maluquices dos personagens. Destaque para Maurice, o monstro hormonal de Andrew.

É algo pra se assistir em casa sozinho ou com pessoas que você se sinta bem confortavel, por que caso contrario, você ficará bem constrangido (rs). Sério, é muito vergonha-alheia, eu mesmo assisto através de smartphone, então, tem horas que voce tem que ficar escondendo o celular, por que nunca se sabe quantas pessoas estão assistindo com você dentro do trem por exemplo, difícil.

Então, em conclusão se você é o tipo de pessoa sensível que se ofende com palavras de baixo calão e insinuações sexuais, passe longe desse desenho, vai assistir Hora de aventura ou o Gumball. Mas se isso não te incomoda confira essa novidade original Netflix, a primeira temporada contendo 10 episódios já está disponível.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Haters Back Off!

| |
Em outubro de 2016, estreou a série Haters Back Off desenvolvida por Colleen Ballinger e seu irmão, Christopher Ballinger, junto a Perry Rein e Gigi McCreery, que conta a história de Miranda (interpretada por Colleen Ballinger), uma menina maluca, mimada e muito cheia de si, que vive com sua mãe Hipocondríaca, um tio tão pirado quanto ela e sua irmã mais nova que assiste a tudo.

      A série baseia-se na vida familiar de Miranda e seus caprichos que, com a ajuda de seu tio, quer tornar-se famosa com todo seu “talento” vocal e cênico, tentando a qualquer custo emplacar um viral no Youtube ou fazer apresentações em locais inusitados, pra fazer sua carreira decolar.


      Miranda, a personagem principal, é bem caricata e tem uma confiança excessiva, atributos que a tornam muito irritante, porém, ao mesmo tempo o maior motivo da graça da série, pois ela é incapaz de enxergar o quão péssima é. É basicamente uma criança mimada no corpo de uma jovem adulta, que não tem talento algum, mas, ainda assim é incentivada por sua mãe e tio, tornando-se uma pessoa odiável que só liga pra si mesma. Destaque para as cenas em que ela canta, onde ela faz caras e bocas e põe muita emoção em suas performances.
       Jim, o tio, é também é uma figura, ele é um talento incompreendido da ginástica rítmica, é o empresário e claramente o maior culpado das atitudes de Miranda, pois ele vai fazer de tudo para tornar sua sobrinha uma estrela.
      A mãe Bethany, ela diz “sofrer” de Fibromialgia não diagnosticada, é meio bobinha, trabalha no caixa do supermercado e faz tudo que Miranda quer inclusive deixar que a garota a impeça de viver sua vida.
      Emily a irmã, é a pessoa normal da casa, a única que enxerga os absurdos de Miranda e que tenta fazê-la desistir da “carreira”. É estudiosa e se esforça para entrar para uma boa escola de artes, ela representa o telespectador em meio a toda aquela maluquice.
      Completando o time, temos o sorveteiro, vizinho e melhor amigo Patrick, que é apaixonado por Miranda, ele tenta o tempo todo dar um passo adiante na relação entre eles e costuma pedir conselhos amorosos ao tio Jim.


      Apesar de toda a loucura e reviews negativos acho que a série passa longe de ser ruim, vale a experiência, garante boas risadas e tem um leve toque de drama que finaliza a temporada com um gancho para a próxima. A segunda temporada estreia dia 20 de Outubro, vamos ver o que nos aguarda. 


sexta-feira, 22 de setembro de 2017

American Horror Story: Cult

| |


Este mês estreou em terras brasileiras a tão esperada sétima temporada da série American Horror Story intitulada Cult, onde terá Evan Peters como ator principal interpretando líderes de cultos infames que de fato existiram e de alguma forma ainda despertam a curiosidade das pessoas, como Charles Manson, David Koresh e Jim Jones. 






No primeiro episódio podemos ver uma mistura de terror psicológico e fanatismo.
No enredo desde episódio mostrou como afetou algumas pessoas Donald Trump ser eleito como presidente dos Estados Unidos. Sendo assim mostra-se os dois lados o desespero de quem não queria que isso acontecesse e o fanatismo de seus eleitores. 
Ryan Murphy (criador da série) mais uma vez quer instigar nossos medos, então fiquem ligados para não perder nenhum momento dessa nova história de terror ;)


.